O Dieta Alimentar preveligia a reeducação alimentar e a alimentação saudável.
Confira: como perder peso, como emagrecer rapido, como perder barriga, dietas saudáveis, dieta para emagrecer, dieta para engordar, alimentos saudáveis e dicas.




Linhaça: beneficios e contra-indicações

linhaca-beneficios-contraindicações

A linhaça é uma erva da família de Linaceae e produz uma semente conhecida pelos seus benefícios para a saúde. A semente de linhaça é muito nutritiva, é uma excelente fonte de fibras alimentares, rica em ácidos graxos essenciais (ómega 3, 6 e 9), além de ser uma fonte de vitaminas e minerais.
A linhaça é composta por 35% de fibra, 23% de ómega 3, 23% de proteína, 10% de ómega 9 e 5% de ómega 6.

Os benefícios da linhaça são:
→ Ajuda a prevenir a artrite;
→ Ajuda a combater a hipertensão;
→ Ajuda a prevenir a asma;
→ Ajuda a emagrecer;
→ Ajuda a combater os diabetes;
→ Ajuda a prevenir alguns tipos de câncer;
→ Auxilia no bom funcionamento do intestino.



A linhaça é muito utilizada como ajuda nos processos de emagrecimento, já que a semente produz um efeito de saciedade no organismo e faz com que a pessoa coma menos.
Além disso, o cereal também tem uma propriedade muito importante, que é ajudar a diminuir o colesterol.

Apesar de conter gordura, o óleo de linhaça, por sua vez, não prejudica o sistema cardiovascular, devido a tratar-se de uma gordura boa.

A quantidade diária da linhaça é de 1 a 2 colheres, sendo recomendado tomar a semente moída e acompanhada de líquidos, o que aumentará a sensação de saciedade por parte do organismo.
A linhaça pode ser consumida em forma de grãos, farinha ou óleo. E as maneiras de utilizá-la são muitas: batidas em vitaminas e iogurtes, adicionada a sucos e saladas, por exemplo.
O óleo de linhaça pode ser usado em saladas mas deve ter o cuidado de não aquecer o produto, pois assim, o óleo de linhaça perderia suas características.

Apesar de conter muitos benefícios, a linhaça tem algumas contra-indicações que vale a pena conhecer.

Contra-indicações da linhaça:
→ A semente de linhaça não deve ser consumida por crianças com menos de 6 meses de idade, elas não têm o aparelho digestivo preparado para receber e digerir a linhaça;
→ Mulheres grávidas também devem consultar o médico quanto ao consumo de linhaça, para que não existam problemas com o desenvolvimento do feto e o bom andamento da gravidez;
→ Embora o consumo de fibras em geral beneficie o organismo, algumas pessoas não devem consumi-las, entre elas aquelas que sofrem de obstrução intestinal, pois nesse caso a sua condição poderia piorar;
→ Em alguns casos, algumas pessoas podem ter reações alérgicas ao consumir a linhaça, portanto a sua introdução na dieta alimentar deve ser feita gradualmente, para que não sejam observados quaisquer efeitos indesejados;
→ Algumas pessoas podem sentir um aumento dos gases intestinais principalmente no período inicial do consumo da linhaça, efeito esse que vai desaparecendo aos poucos;
→ Mesmo sendo um produto com benefícios para a saúde, a linhaça é calórica, portanto deve ser consumida com moderação para que o efeito não seja contrário ao que se espera (pessoas que façam dieta para emagrecer).



Nunca abuse do consumo da linhaça em qualquer uma de suas formas, seja sementes, farinha, óleo ou até mesmo suplementos. Apesar de ser considerada um alimento funcional, dados os inúmeros benefícios ao organismo, o consumo em excesso poderá trazer efeitos indesejados ao organismo. Consuma linhaça com moderação e assim irá usufruir de todos os seus benefícios para a saúde e evitar possíveis contra-indicações.

Leitura complementar:
- 10 Benefícios da linhaça para a saúde

Créditos do artigo:
Texto e imagem: Adriano Oliveira, via email.
Texto feito pelo Adriano e editado pelo Dieta Alimentar.
Website do Adriano: http://dicassaudedamulher.com.br/ 
Facebook (FanPage): https://www.facebook.com/dicasdesaudedamulher

Encontre o que procura de forma fácil (Pesquisa personalizada):